† eu e você -
E quando te perguntam de mim, o que você diz?
Renato Russo.  
Há 8 horas . 94.685 notas . compartilhe
A verdade é que sou sensível, tipo, muito. Sinto mais do que o coração consegue e escondo mais do que um sorriso bem dado engana. Eu aprendi a ser forte, essa é a diferença.
— Recontador
Há 8 horas . 5.419 notas . compartilhe
Se não fosse amor, não haveria planos, nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado. Se não fosse amor, não haveria desejo, nem o medo da solidão. Se não fosse amor não haveria saudade, nem o meu pensamento o tempo todo em você.
Caio Fernando Abreu. 
Há 8 horas . 32.865 notas . compartilhe
Eu quero ser aquele motivo que te faz ficar, sempre que você pensa em ir.
Laura Mello.  
Há 8 horas . 17.676 notas . compartilhe
Eu quero ser aquele motivo que te faz ficar, sempre que você pensa em ir.
Laura Mello.  
Há 8 horas . 17.676 notas . compartilhe
Eu preciso parar de registrar você, preciso parar de te fazer sentir tão incrivelmente importante, como se a minha vida dependesse da tua. Todos sabem o quanto eu tento estar sempre forte e não desmanchar ao ouvir seu nome, mas não sabem o quão fraca me sinto por nunca conseguir atingir minha meta. Não quero organizar a minha vida com outro alguém e sentir vontade de largar tudo ao te encontrar. Preciso parar de te querer assim, sonhar assim, te amar desta maneira, pois sei que a dor vem em seguida. E já tenho cicatrizes demais com o teu nome por trás de quem as fez, não preciso de mais nenhuma para entender que te amar é meu erro maior.
Versejas.
Há 8 horas . 699 notas . compartilhe
Eu estava lá, mesmo sabendo que ia chorar, eu permaneci.
Guilherme.    
Há 8 horas . 9.366 notas . compartilhe
Às vezes estou por cima, às vezes estou por baixo. Mas estou sempre por alguma coisa. Por alguém. Por aí. Por você
Gabito Nunes 
Há 8 horas . 9.249 notas . compartilhe
Você poderia ter ficado mais um pouco. Tipo uma eternidade.
I miss you everyday.
Há 8 horas . 6.459 notas . compartilhe
O amor, tão nobre, tão denso, tão intenso, acaba. Rasga a gente por dentro, faz um corte profundo que vai do peito até a virilha, o amor se encerra bruscamente porque de repente uma terceira pessoa surgiu ou simplesmente porque não há mais interesse ou atração, sei lá, vá saber o que interrompe um sentimento, é mistério indecifrável. Mas o amor termina, mal-agradecido, termina, e termina só de um lado, nunca se encerra em dois corações ao mesmo tempo, desacelera um antes do outro, e vai um pouco de dor pra cada canto. Dói em quem tomou a iniciativa de romper, porque romper não é fácil, quebrar rotinas é sempre traumático. Além do amor existe a amizade que permanece e a presença com que se acostuma, romper um amor não é bobagem, é fato de grande responsabilidade, é uma ferida que se abre no corpo do outro, no afeto do outro, e em si próprio, ainda que com menos gravidade.
Martha Medeiros.   
Há 8 horas . 4.333 notas . compartilhe
theme por: romanceais